03 novembro 2005


Dirigimo-nos já para Shisen-dô. Depois de mais uma transferência em autocarro, já nos aproximamos a pé. É dia feriado. Casa tradicional de uma zona agora limítrofe da cidade. Bandeira ao alto. Nacionalismo q.b.?